Oito cevicherias para aproveitar o verão em São Paulo

O verão ainda nem chegou e a temperatura já começou a subir, junto com a vontade de comer coisas refrescantes. Fora as sobremesas geladas, se quisermos pensar num prato principal, uma ótima ideia é o ceviche, cuja origem é lá dos Andes.

Ceviche, cebiche ou seviche é um prato da culinária peruana baseado em peixe cru marinado em suco de limão, lima ou outro cítrico. Este cozimento do peixe nos temperos se transforma em um caldo chamado leche de tigre. Os acompanhamentos variam entre milho peruano, cebola (comum ou roxa), abacate e batata-doce — nos Andes as variedades são muitas.

Com o aumento do interesse por dietas vegetarianas, o prato foi adaptado e já existem ceviches sem peixe. Seja com ou sem ele, escolhemos oito cevicherias em São Paulo para você apreciar a culinária andina neste verão.

Suri Ceviche & Bar

No Suri, o queridinho do público é o de la casa tradicional (R$ 49). A receita leva salmão, camarão e lula com emulsão de abacate, leite de coco, coentro, cebola e chips de banana. Outra boa pedida é o ceviche mediterrâneo (R$ 48,50), com camarão, polvo, lula, tomates salteados, manjericão, cebola, azeite e pão sueco. Para complementar o prato, peça os pastéis de pulpo (R$ 29,50, quatro unidades), recheados com polvo, ají amarillo (pimenta peruana), cream cheese, purê de batata e coentro. Se quiser um drinque, a sugestão é o pisco quebrante (R$ 32), feito com manjericão, limão siciliano, zimbro e bitter de lúpulo. Uma novidade que vai estrear no restaurante na nova estação é o G.T. viva la vida (R$ 35): uma combinação de gin, grapefruit, zimbro, tomilho e tônica.

Vai lá:

Rua Mateus Grou, 488, Pinheiros, São Paulo.

Terça, das 19h às 23h.

Quartas e quintas, das 19h às 24h. Sexta, das 12h às 15h e das 19h à 0h30.

Sábado, das 12h às 16h30 e das 19h à 0h30.

Telefone: (11) 3034-1763

 

Tumi Cevicheria Restaurante Peruano

Primeira cevicheria do ABCD paulista, localizada em São Bernardo do Campo, a Tumi serve a ronda de ceviches (R$ 72), o prato mais pedido da casa, com seis tipos diferentes de ceviche. A ronda serve até três pessoas e pode ser acompanhada do tradicional pisco sour (R$ 24), drinque feito à base de pisco (aguardente de uvas peruano), suco de limão, xarope de açúcar, gelo e clara de ovo.

Às quartas-feiras de dezembro, o restaurante disponibiliza um rodízio de ceviche e petiscos (R$ 49 por pessoa). Durante a semana, o Tumi tem um menu executivo (R$ 25,90), composto de entrada de ceviche, prato principal e chicha (suco feito à base de milho roxo).

Vai lá:

Avenida Francisco Prestes Maia, 1362, Centro, São Bernardo do Campo

Terça a sábado, das 12h às 15h e das 18h às 23h.

Domingo, das 12h às 16h. Telefone: (11) 4338-1659

 

QCeviche!

No QCeviche!, o favorito é o de pescado (R$ 30 a meia porção, R$ 39 a porção inteira e R$ 64 para compartilhar), feito com peixe branco marinado em leche de tigre, batata-doce cozida e milho. Para o verão, o chef Rolando Limo tem três apostas. A primeira é no ceviche marino (R$ 35 a meia porção, R$ 45 a porção inteira e R$ 69 para compartilhar), de peixe branco, polvo, camarão e lula, com batata-doce cozida e milho. Outra é o vegano (R$ 20 a meia porção e R$ 29 a inteira): manga, abacate, pimentão, abobrinha e champignon marinados em leite de côco e leche de tigre. A terceira é a ensalada tropical (R$ 34), composta por mix de folhas, tomate, morango, pêssego e camarão ao molho de maracujá.

Para acompanhar os pratos, além dos clássicos pisco sour (R$ 22) e chicha morada (R$ 10), o drinque da estação é o chilcano de fresas (R$ 22), mistura morango, pisco, soda e xarope de açúcar.

Vai lá:

Faria Lima

Rua Tavares Cabral, 61, Pinheiros, São Paulo.

Segunda a domingo, das 12h às 15h, das 17h às 19h (happy hour) e das 19h às 22h30.

Telefone: (11) 3093-7220

 

Barra Funda

Avenida Marquês de São Vicente, 1619, Barra Funda, São Paulo.

Segunda a domingo, das 12h às 15h, das 17h às 19h (happy hour) e das 19h às 22h30.

Telefone: (11) 3576-5517

 

Huaco Restobar Peruano

Prato típico do verão nas praias de Lima, capital peruana, o duo chalaco (R$ 69 para três a quatro pessoas), cujo nome faz referência ao porto de Callao, une o ceviche clássico de peixe branco à lula à dorê. A dica é acompanhá-lo com um chilcano de morango (R$ 25), bebida refrescante para os dias de calor.

Além do prato especial, os mais pedidos do Huaco são o ceviche huaco (R$ 39), que leva frutos do mar temperados com um mix de pimentas brasileiras e peruanas e o fuente fria (R$ 78), entrada de petiscos com quatro tipos diferentes de ceviches e uma causa da camarão. A causa é um prato muito tradicional no Peru com diversos recheios, feito à base de uma espécie de purê de batatas.

Vai lá:

Alameda Ministro Rocha Azevedo, 1057, Jardins, São Paulo.

Terça a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h. Sexta, das 12h às 15h e das 19h à 0h. Sábado, das 13h à 0h.

Domingo, das 13h às 17h.

Telefone: (11) 3064-0642

 

Sabor Latino e Eventos

Num charmoso sobrado no centro de São Paulo, o pequeno restaurante de atendentes simpáticos abre somente aos fins de semana e tem cardápio com comidas típicas da culinária andina. O ceviche de peixe branco, prato chamariz da casa, está disponível em quatro opções: vegano (R$ 24), com cogumelos e palmito no lugar do peixe; teriyaki (R$ 28), ao estilo japonês; clássico (R$ 32) e misto (R$ 35), que combina peixe, camarão e anéis de lula. Todas as versões acompanham batata-doce cozida e milho andino torrado e são para uma pessoa, mas podem ser compartilhadas como entrada ou petisco.

Durante a estação mais quente do ano, a casa serve também a causa de camarões (R$ 14), prato à base de batata cozida temperada com limão e ají amarillo, recheada de molho de camarões, e o chilcano (R$ 23), drinque popular no verão peruano, à base de pisco, suco de limão, xarope de açúcar, gelo e refrigerante de gengibre.

Vai lá:

Alameda Ribeiro da Silva, 762, Campos Elíseos, São Paulo.

Sábados e domingos, das 12h às 16h.

Telefone: (11) 3661-0339

 

La Mar Cebicheria

Além do clássico Ceviche de peixe branco (R$ 39), o La Mar serve receitas refrescantes assinadas pelo chef Gastón Acurio, como o nikei (R$ 45), que mistura salmão ou atum ao leche de tigre agridoce de tamarindo, abacate e nori; a degustação de ceviches (R$ 91), com três variações diferentes do prato; a salada de quinoa caprese (R$ 35), de quinoa, tomates marinados, muçarela de búfala e manjericão, e o tiradito andino (R$ 33), que une lâminas de salmão a molho de alcachofra, quinoa crocante, uva verde e brotos de coentro.

Para acompanhar os pratos, as pedidas são a caipirinha la cebicheria (R$ 19), especial de verão que leva cachaça, limão, physalis e um toque de ají amarillo; o frozen pisco (R$ 28), versão do pisco sour com muito mais gelo, e o frozen tangerina (R$ 28), com rum, suco de tangerina, suco de laranja e gelo moído.

Vai lá:

Rua Amauri, 328, Itaim Bibi, São Paulo.

Segunda a quinta, das 12h às 15h e das 19h à 0h.

Sexta, das 12h às 15h e das 20h à 1h. Sábado, das 13h às 17h e das 20h à 1h.

Domingo, das 13h às 17h.

Telefone: (11) 3073-1213

 

La Peruana

A chef Marisabel Woodman criou duas receitas leves e vegetarianas para o verão: ceviche de palmito, cogumelo, abobrinha no leche de tigre, acompanhado de milho, cancha peruana e chips de batata-doce (R$ 30) e causa de batata, temperada com limão e redução de beterraba, coberta com guacamole e champignon paris acevichado (R$ 37). Ambos os pratos servem uma pessoa como refeição e até duas como entrada compartilhada. O prato favorito dos fregueses é o ceviche clássico, de peixe branco fresco do dia e quenelle de batata-doce cozida na laranja (R$ 29, para uma pessoa). Para acompanhar, a sugestão é o verano, um drinque de pisco, licor de lichia, melancia, limão siciliano, hortelã e refresco cítrico (R$ 29).

Vai lá:

Alameda Campinas, 1357, Jardim Paulista, São Paulo.

Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h. Sábados e domingos, das 12h às 23h.

Telefone: (11) 3885-0148 / 96836-7101

 

Rinconcito Peruano

Com 10 casas de São Paulo, o tradicional Rinconcito Peruano é o restaurante do chef Edgard Villa, peruano que começou no Brasil vendendo artesanato na rua 25 de Março. Para o verão, o restaurante aposta nos ceviches de pescado (R$ 38 a R$ 136, dependendo do tamanho); de salmão (R$ 48,90 o individual e R$ 93,90 o médio); de camarão (R$ 58,90) e vegetariano (R$ 32,90). Todos os pratos são marinados em leche de tigre e vêm com batatas cozidas e milho choclo peruano torrado.

Para acompanhá-los, as sugestões são a chicha morada (R$ 7,90 o copo, R$ 12,90 meio litro e R$ 19,90 um litro), a limonada da casa (R$ 7 o copo, R$ 12 meio litro e R$ 19 um litro), (R$ 7 o copo, R$ 12 meio litro e R$ 19 um litro), a limonada frozen (R$ 22 a jarra de um litro), versão docinha do suco com muito gelo, e a chicha sour (R$ 25), versão alcoólica da bebida de milho roxo. Para a sobremesa, peça a torta 3 leches (R$ 14), que é uma delícia!

Vale destacar que as unidades têm sócios diversos e podem oferecer diferentes itens, preços e horários de funcionamento. Consulte o site para ter mais informações.

Vai lá:

Rua Aurora, 451, Santa Ifigênia, São Paulo.

Segunda, das 12h às 17h.

Terça a domingo, das 12h às 21h.

Telefone: (11) 3361-2400

 

Rua Serra de Bragança, 626, Tatuapé, São Paulo.

Terça a domingo, das 19h às 23h.

Telefone: (11) 2539-2033

 

Avenida Vieira de Carvalho, 86, Campos Elíseos, São Paulo.

Terça e sábado, das 12h às 23h.

Domingo e feriado, das 12h às 21h.

Telefone: (11) 3221-5621

 

Rua Guaianazes, 167, Campos Elíseos, São Paulo.

Terça a domingo, das 12h às 20h.

Telefone: (11) 3222-8310

 

Rua Trípoli, 144, Vila Leopoldina, São Paulo.

Terça a sab, das 12h às 23h.

Dom e feriado, das 12h às 20h.

Telefone: (11) 2129-6002

 

Avenida Sabiá, 733, Moema, São Paulo.

Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h.

Sábado, das 12h às 23h.

Domingo das 12h às 22h.

Telefone: (11) 4323-4103

 

Rua dos Pinheiros, 832, Pinheiros, São Paulo.

Terça a sexta, das 12h às 15h e das 18h às 22h.

Sábado, das 12h às 23h.

Domingo, das 12h às 18h.

Telefone: (11) 3062-0093

 

Rua Joaquim Floriano, 211, Itaim Bibi, São Paulo.

Segundas a sextas, das 11h30 às 23h.

Sábado, das 12h às 23h.

Domingo, das 12h às 22h.

Telefone: (11) 2729-6919

 

Rua Antônio de Godói, 29, Centro, São Paulo.

Segunda a sábado, das 12h às 17h.

Telefone: (11) 3223-8088

 

Avenida Dr. Cardoso de Melo, 1639, Vila Olímpia, São Paulo.

Segundas a sextas, das 11h30 às 23h.

Sábado, das 12h às 23h.

Domingo, das 12h às 22h.

Telefone: (11) 3842-4453

 

Mais informações: https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/entretenimento/2018/12/15/cevicherias-para-aproveitar-o-verao-em-sao-paulo.htm

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *